quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O 1º (e único) amor!

Ontem à noite na varanda do meu quarto:



Ele: Lembraste quando ficamos os dois de castigo na escola primária?
Eu: Lembro, fiquei o intervalo todo na sala a fazer as tabuadas e tu foste com ela para a sala dos professores fazer um ditado... A culpa foi tua que foste afiar a lapiseira quando eu estava a afiar o lápis e a professora apanhou-nos a conversar...
Ele: E lembras-te do que eu te disse?
Eu: Não, só me lembro de a professora te ter puxado as orelhas até ao teu lugar...
Ele: Disse-te que no intervalo queria falar contigo...
Eu: Não me lembrava... Mas nunca me chegaste a dizer o querias, pois não?
Ele: Queria-te perguntar se querias namorar comigo...Até tinha vestido a minha camisola preferida nesse dia, a do Jardel! Eras a rapariga mais bonita da escola e jogavas bem futebol... Tinhas de ser minha namorada! Desde essa altura que te amo...
Eu: Oh parvo... Ninguém se lembra de afiar uma lapiseira, era óbvio que aquilo ia acabar muito mal... 


Eu também te amo. Amo-te quando adormecemos agarrados numa cama de solteiro e eu te roubo os cobertores e tu me empurras para fora da cama e te ris como um parvo. Amo-te quando me ligas a meio da noite só para me irritares porque sabes que eu depois não vou conseguir voltar a adormecer. Amo-te quando estamos deitados no sofá e te faço cócegas só porque sei que tu odeias. Amo-te quando estamos a passear e me fazes tropeçar ou me dás umas punhadecas na cabeça porque sabes que eu me vou vingar. Amo-te quando me trancas na varanda e ficas a gozar comigo do outro lado do vidro. Amo-te quando não me fazes as vontades todas para não me deixares mal habituada, como tu dizes. Amo-te quando me "dás na cabeça" quando faço coisas erradas e não te importas que eu fique chateada contigo por seres demasiado frontal. Amo-te, mesmo quando tento discutir contigo e tu dizes "quando estiveres mais calma falamos!". Amo-te e detesto quando to digo e tu respondes "eu também!" porque sabes que isso me deixa furiosa... 

Obrigada por me amares e aceitares tal e qual como eu sou. 


Apesar dos nossos 24 anos, não consigo imaginar o nosso amor sem estas nossas infantilidades, ia ser tão aborrecido!






21 comentários:

  1. Awwwwwwww...quem é que se lembra de afiar uma lapiseira? O amor tem destas coisas...ahah.. E adorei o detalhe..levava a camisola do Jardel =)

    Acho horrivel aqueles casais sérios que não têm confiança para brincar nem dizerem o que pensam e sentem... essas brincadeiras são super saudáveis =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade seja dita, a camisola do Jardel era horrível e ele gostava tanto dela que ainda hoje a tem guardada... --'
      É tão bom ter alguém que amamos ao nosso lado e não termos de nos preocupar com o que dizemos ou fazemos, por mais disparatada que essa coisa seja... E connosco os disparates são constantes, felizmente! :)

      Eliminar
  2. LINDO... também quero um amor assim... parabéns aos dois :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! :) Acredito que toda a gente, mais tarde ou mais cedo, tenha direito a viver um grande amor! ;)

      Eliminar
  3. Só vou participar, não sei se passo ao casting :)

    ResponderEliminar
  4. Ahah, nem a boca sexy. Afinal ela doou o cabelko a crianças com cancro ... mesmo assim podia ter escolhido outro corte.

    ResponderEliminar
  5. Ohhhh, que coisa fofinha, também quero :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A intenção dela foi das melhores, o corte é que não foi mesmo nada bem escolhido! :)

      Obrigada princesa!

      Beijinho ♥

      Eliminar
  6. Respostas
    1. É tão bom termos alguém com quem disparatar e sermos um pouco crianças! ;)

      Eliminar
  7. Respostas
    1. É bom ter alguém assim ao nosso lado! ;)

      Beijinho ♥

      Eliminar
  8. Eu também não consigo ficar naquela cor x)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por mais sol que eu apanhe continuo sempre a mesma branquela! --'

      Eliminar
  9. Que história tão bonita :)
    A verdade é que os namoros só têm piada quando são cheios dessas brincadeiras e tolices. O meu também é assim, e adoro :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, eu adoro os nossos momentos cheios de cumplicidade e diversão... Fazem-nos rir imenso um do outro... Além disso um relacionamento onde os dois estejam sempre sérios, onde não há risos ou sorrisos não me parece que seja um relacionamento muito feliz... :)

      Eliminar
  10. Tão lindo!! *.* Aconselho vivamente a lima de vidro, compro no chinês, mas já vi há venda na Kiko! :D

    Muito obrigada fofinha!! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada princesa! :)
      Amanhã vou passar no chinês para ver se encontro e experimentar!

      Eliminar

Never look back, if Cinderella went back to pick up her shoe, she wouldn't have become a princess ♥