quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Blá Blá Blá (Fantasias sexuais) (6)

Olá Princesas!

Muito recentemente estava a navegar na internet quando me deparei com um estudo relacionado com fantasias sexuais... Há fantasias para todos os gostos, desde as mais românticas até às mais "animalescas", isso é mais que sabido. Mas será que todas as fantasias devem ser realizadas?





Segundo o psicólogo Quintino Aires (que eu adoro!), os homens têm uma maior tendência a fantasiar, mas são as mulheres que mais facilmente põem as fantasias em prática (os homens são mais primitivos, ao contrário das mulheres que são mais evoluídas e criativas). (Por acaso, eu tinha noção que era ao contrário.)  Há mulheres que realizam as suas fantasias com outros homens, porque os parceiros se opõem e negam a realiza-las. (acho este género de comportamentos extremamente incorrectos!)
As mulheres distinguem melhor o que é sexo, fantasia e amor. (As mulheres? discordo completamente!)
As fantasias surgem de modo a apimentar uma relação servindo para aumentar a cumplicidade do casal, mas muita gente entende-as como insatisfação sexual. 
Se existir insegurança o mais correcto é não as praticar, porque as coisas podem não correr da melhor forma, evitando assim que alguém fique magoado ou ressentido. 


As fantasias vistas à lupa...
  • As fantasias sexuais funcionam como antidepressivos;
  • A imaginação sexual feminina é mais variada e ousada que a masculina;
  • Quando são casadas ou vivem relações de longa duração, as mulheres fantasiam sexo com parceiros que não os seus companheiros (como por exemplo, com figuras públicas);
  • Muitas mulheres não revelam as suas fantasias sexuais aos parceiros.



As 10 fantasias sexuais mais comuns entre as mulheres:

  1. Sexo com um estranho;
  2. Ser paga para ter sexo;
  3. Envolver-se com outra mulher;
  4. Dominar o parceiro;
  5. Seduzir um homem mais novo;
  6. Ter sexo com dois homens;
  7. Sexo em lugares públicos;
  8. Ser dominada;
  9. Serem vistas em pleno acto sexual (exibicionismo);
  10. Assistirem a sexo ao vivo (voyeurismo).



Na minha opinião, tanto o homem como a mulher devem ter à vontade suficiente para falar com o seu parceiro sexual acerca das suas fantasias e desejos, não se devem sentir inibidos ou receosos da reacção do companheiro... Se estão numa relação com essa pessoa deve existir confiança suficiente para falar acerca da sua intimidade e vida sexual sem preconceitos ou moralismos.
O facto de o parceiro não querer realizar determinadas fantasias não é desculpa para cometer uma traição. Devemos saber respeitar a opinião da pessoa que está ao nosso lado, assim como essa pessoa deve ouvir e respeitar a nossa.
Se ambos os envolvidos estiverem de acordo acho muito bem que realizem todas as suas fantasias sexuais, sejam elas quais forem... 


Qual é a vossa opinião acerca deste assunto princesas? 

Beijinho 

8 comentários:

  1. Concordo plenamente contigo. Uma relação funciona a dois :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E acima de tudo, funciona baseada no respeito e entendimento mútuo! :)

      Eliminar
  2. Concordo, e achei muito interessante este post (:

    ResponderEliminar
  3. Um post muito interessante, parabéns
    Bjs e bom fim de semana ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! :)

      Beijinho e bom fim - de - semana! ;)

      Eliminar
  4. Concordo contigo! Tem de haver confiança para podermos partilhar as nossas fantasias e lá porque alguém não concorda não se deve trair. Aliás, para mim não há nenhum bom motivo para trair.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu concordo contigo, nada desculpa ou se torna motivo para uma traição... Quando já não estamos felizes numa relação devemos terminá-la para evitar magoar a outra pessoa... Podemos já não amá-la e não sermos felizes ao lado dessa pessoa, mas devemos-lhe respeito! :)

      Eliminar

Never look back, if Cinderella went back to pick up her shoe, she wouldn't have become a princess ♥